Textos

Antítese
Esse vazio me enche
De pensamento
E ausência de pensar
Me sinto sem sentido
Numa corda bamba, fixa
Bambeando aprumado
Demorando cair logo levantar
Na realidade desse meu imaginário
Vou distorcendo esses momentos torcidos
Do hoje-ontem
Amanhã passado...

Esse vazio me enche
De um oco transbordado.
Luiz Viana
Enviado por Luiz Viana em 07/04/2020
Alterado em 07/04/2020


Comentários