Textos

Saudade desmedida *
Meu Deus do céu, oh! que saudade desmedida
Dessa minha vida quase que eu desisti
A morena linda qu'eu amava tanto
Foi embora, nunca mais voltou aqui.

Monguba agora é uma tristeza danada
Vivo trista a falta do seu amor
Minha morena se mandou sem dizer nada
Vivo chorando sua falta, minha dor.

Passeio a serra,por sua falta não fui mais
Andar nos sítios, passear nos magueirais.

Meu Deus do céu, oh! que saudade desmedida
Minha morena linda , Deus, traga pra mim
O amor existente entre nos dois
Oh! meu Deus, nunca deixe ter um fim.


                                                        * Amor e Flor
Luiz Viana
Enviado por Luiz Viana em 14/08/2019
Alterado em 14/08/2019


Comentários